História da alocação de recursos no Brasil

Minha versão de uma gravura do século XVII. O original é o frontispício da História Natural do Brasil de Guilherme Piso.

Frontispício

História da alocação de recursos no Brasil

Esta foi feita a partir do frontispício de Theodor de Bry para Americae Tertia Pars (1592) – o terceiro volume de sua série de Viagens, inspirado pelas aventuras no Brasil de Hans Staden e Jean de Léry. Descriptio Morum & Ferocitatis.

1500 • A carta de Caminha em português contemporâneo [3]

 

A maior curiosidade a respeito da certidão de nascimento do Brasil – a carta que Pêro Vaz de Caminha enviou ao rei D. Manuel no primeiro dia de maio de 1500 – foi que ela não teve qualquer papel na formação da imagem que brasileiros e estrangeiros fizeram desta terra nos seus primeiros séculos, tendo sido publicada pela primeira vez em 1817.

Memérico Vespúcio [1]

O florentino que deu o nome de «de todos os Santos» à Bahia era bom em nomear as coisas; deu também, sem querer, dois nomes ao novo continente: América e Novo Mundo. Enviado em 1501 pelo rei de Portugal para sondar as terras descobertas por Cabral, Américo Vespúcio escreveu sobre suas expedições cartas que foram traduzidas em diversas línguas e tornaram-se incrivelmente populares.


Depositado em juízo por Paulo Brabo · Desde 2004 · Sobre o autor e esta Bacia · Leia um livro · Olhe desenhos · Versões digitais dos manuscritos da Biblioteca do Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais · Fale comigo · A Bacia das Almas pede humildemente a incredulidade do leitor