Em detrimento

Li esta logo no comecinho de Seven Conversations with Jorge Luis Borges, de Fernando Sorrentino, e não pude deixar de pensar em A barragem: porque algumas pessoas são curiosas o bastante para proteger-se da produção cultural da sua época:

Nasci em 24 de agosto de 1899. Fico feliz com isso porque gosto muito do século dezenove, embora possa ser dito em detrimento do século dezenove que ele conduziu ao século vinte, que acho menos admirável.

Jorge Luis Borges

Diaz

Este documento contém clipes de áudio que só podem ser ouvidos na página da Bacia na internet.

Diaz, Paulo Brabo | Clique no triângulo para ouvir

Este é o tema que escrevi para o protagonista de uma comédia musical que deixei inconclusa em 1998, e que deveria se chamar A igreja fantástica de Jackson Diaz.

Na história, um trilionário jovem, excêntrico e idealista vira crente, e sua interferência bem-intencionada mas extravagante começa a por à prova as tradições de uma igreja local. Sua iniciativa mais controversa é premiar com um salário a frequência dos Continue lendo →

A história

Este documento contém clipes de áudio que só podem ser ouvidos na página da Bacia na internet.

La storia, Francesco De Gregori | Clique no triângulo para ouvir

A história somos nós, ninguém sinta-se prejudicado
Somos nós este campo de agulhas sob o céu
A história somos nós, atenção, ninguém sinta-se excluído
A história somos nós, somos nós estas ondas no mar,
Este rumor que rompe o silêncio,
Este silêncio tão difícil de relatar

Theodor de Bry, 1594 • Paulo Brabo, 2014

 

 

A gravura original, de 1594, é de Theodor de Bry.

A peleja do Carnaval com a Quaresma

Óleo de Pieter Bruegel, datado 1559.

Esse título – A peleja do Carnaval com a Quaresma, – ainda que o li pela primeira vez esta manhã, é o subtítulo que a Bacia nasceu para ter.

Na tradição europeia, o Carnaval era a temporada de excessos e glutonaria que precedia a temporada de austeridade e jejuns que culminava na Páscoa. Em alguns casos a oposição era celebrada ostensivamente num festival (de Carnaval), em que Carnaval e Quaresma, personificados, batalhavam pela alma do povo.

A necessária reviravolta: entrou em cena a Reforma, e ambos os lados perderam.

O que preciso fazer para você assistir ‘Sudoeste’ de Eduardo Nunes

O filme de 2011 que é uma poesia, uma aquarela, uma ciranda, um cortejo fúnebre, uma folia popular e uma torrente ininterrupta de lirismo?

Enquanto o tempo passa, o filme aguarda na íntegra no canal de The Global Film Initiative. Assista e vislumbre comigo a precária comunhão de perplexidade que nos une. A Escritura não está fazendo uma metáfora quando usa a mesma expressão – toda a carne – para referir-se à humanidade e a toda vida na terra. Os animais não sabem que serão interrompidos pela morte, mas maravilham-se da vida tanto quanto nós. Mais consequente e vertiginosa Continue lendo →

A dança está no centro da história natural do Brasil

Desde 1648.

Este é o frontispício de Historia Naturalis Brasiliae de Guilherme Piso. Para uma versão muito maior da mesma imagem (animais em extinção! um macaco barbudo! um índio circuncidado! frutas exóticas!), clique aqui.


Depositado em juízo por Paulo Brabo · Desde 2004 · Sobre o autor e esta Bacia · Leia um livro · Olhe desenhos · Versões digitais dos manuscritos da Biblioteca do Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais · Fale comigo · A Bacia das Almas é onde discutimos ideias que têm o enorme mérito de interessar apenas a nós mesmos