O Mundo Perdido, parte 2 • A Bacia das Almas

 

Paulo Brabo, 22 de fevereiro de 2005

O Mundo Perdido, parte 2

Estocado em Nostalgia

Nada me interessa mais na viagem do que desenterrar da paisagem prédios, objetos e gestos devidamente não-contemporâneos, artigos esquecidos de um tempo mais são.

Essas marcas sólidas do passado sobrevivendo num insubstancial mundo contemporâneo trazem-me à mente, inevitavelmente, os sentimentos de Tolkien, que escreveu ao filho depois de uma visita que fez à sua cidade natal durante a Segunda Guerra:

Exceto por um desmoronamento medonho [a cidade] não parece muito danificada: não pelo inimigo. O dano principal foi causado pelo crescimento de insípidos edifícios modernos desprovidos de qualquer característica notável.

Paulo Brabo @saobrabo

Escrevo livros, faço desenhos e desenho letras. A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna.

Arquivado sob as rubricas

 

<
>

Depositado em juízo por Paulo Brabo · Desde 2004 · Sobre o autor e esta Bacia · Leia um livro · Olhe desenhos · Versões digitais dos manuscritos da Biblioteca do Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais · Fale comigo · A Bacia das Almas está na internet