Informes do abismo: a Forja Universal e o esgotamento literário • A Bacia das Almas

 

Paulo Brabo, 14 de outubro de 2012

Informes do abismo: a Forja Universal e o esgotamento literário

Estocado em Pormenor

“Era informe… sobre a face do abismo.”
Gênesis 1:2

Serviço de utilidade pública, etc

Continuo escrevendo, devagar (pense bem devagar), os capítulos inéditos que faltam para a sempre iminente nova compilação de textos da Bacia. Enquanto isso, para sempre, e como previsto, o impenitente leitor encontrará pouca novidade nas bandas de cá. Embora creia que haverá por um bom tempo alguma atividade ocasional neste domínio, estou convicto que baciadasalmas.com perdurará mais como arquivo e como testemunho embaraçoso da minha própria imprevidência (tarde demais para esquecer, etc) do que qualquer outra coisa.

Se o estimado leitor for imprudente o bastante para querer saber o que ando ruminando neste período, vai ter de repensar os seus favoritos e mergulhar na Forja Universal, que reside sensatamente no endereço forjauniversal.com.

A Forja definitivamente não é uma Bacia, mas é justamente essa a ideia, obviamente. Todo o cuidado é pouco.

A propósito, fui informado por fontes fidedignas que os dois livros que nasceram desta Bacia, Em 6 passos o que faria Jesus e A bacia das almas, encontram-se inteiramente esgotados, sem qualquer previsão para uma reimpressão (sem contar a versão em espanhol de 6 passos, que deve sair a qualquer momento). Não é emocionante?

Sendo só para o momento, subscrevo-me atenciosamente, etc

Paulo Brabo @saobrabo

Escrevo livros, faço desenhos e desenho letras. A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna.

Arquivado sob as rubricas

 

<
>

Depositado em juízo por Paulo Brabo · Desde 2004 · Sobre o autor e esta Bacia · Leia um livro · Olhe desenhos · Versões digitais dos manuscritos da Biblioteca do Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais · Fale comigo · A Bacia das Almas não tem grandes ilusões, mas tem muitas pequenas