A quinta seção de «As divinas gerações» se chama «A graça se basta» • A Bacia das Almas

 

Paulo Brabo, 30 de novembro de 2013

A quinta seção de «As divinas gerações» se chama «A graça se basta»

Estocado em Pormenor

E é formada por nove capítulos.

Leia aí alguns parágrafos de Perdão e poder:

Deste lado de um rio com dois mil anos de largura, estamos habituados a tomar o anúncio do perdão plenário dos pecados como um dos aspectos mais imateriais e etéreos – um dos aspectos mais politicamente inofensivos – da mensagem de Jesus. Não teríamos como estar mais enganados.

O anúncio da disponibilidade universal da absolvição dos pecados era um golpe que desfechava fraturas profundas nas estruturas sociais, religiosas, econômicas e políticas do mundo de Jesus. Como explicam tão rigorosamente os evangelhos, os representantes do estado de coisas em cada uma dessas esferas não deixaram de farejar essa ameaça no ar. Nenhum governo precisa perseguir gente santa convencional: santos não incomodam, porque se limitam a apontar o pecado. Jesus e João Batista foram perseguidos porque distribuíam o perdão e a liberdade, anulando e relativizando o poder paralisante da culpa e do pecado.

O problema, naturalmente, está em que nenhum estado de coisas, nenhum sistema de dominação e controle, tem como sobreviver à súbita ausência de débitos.

A GRAÇA SE BASTA

1. Mapeando o Deus que não faz barganhas
2. A sonegação da graça
3. O que você não está preparado pra ouvir
4. Perdão e poder
5. O Deus que não tem ninguém na sua lista
6. O gentil martírio dos desconversos
7. Uma catástrofe gentil
8. O equívoco da maldade
9. Profissão de fé

 

LEIA TAMBÉM:
Aparentemente não é cedo demais para uma edição em papel de As divinas gerações

Paulo Brabo @saobrabo

Escrevo livros, faço desenhos e desenho letras. A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna.

Arquivado sob as rubricas

 

<
>

Depositado em juízo por Paulo Brabo · Desde 2004 · Sobre o autor e esta Bacia · Leia um livro · Olhe desenhos · Versões digitais dos manuscritos da Biblioteca do Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais · Fale comigo · A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna