A peleja do Carnaval com a Quaresma • A Bacia das Almas

 

Paulo Brabo, 22 de março de 2014

A peleja do Carnaval com a Quaresma

Estocado em Pense comigo · Recomendações

Esta é a parte 1 de 3 da série A peleja do Carnaval com a Quaresma

Óleo de Pieter Bruegel, datado 1559.

Esse título – A peleja do Carnaval com a Quaresma, – ainda que o li pela primeira vez esta manhã, é o subtítulo que a Bacia nasceu para ter.

Na tradição europeia, o Carnaval era a temporada de excessos e glutonaria que precedia a temporada de austeridade e jejuns que culminava na Páscoa. Em alguns casos a oposição era celebrada ostensivamente num festival (de Carnaval), em que Carnaval e Quaresma, personificados, batalhavam pela alma do povo.

A necessária reviravolta: entrou em cena a Reforma, e ambos os lados perderam.

O Carnaval:

E a Quaresma:

Para ver uma versão muito ampliada (e altamente recomendada) da pintura, clique neste link.

Leia também:
O holocausto da alma
O sublime pela via do vulgar: a redenção e o grotesco
A Reforma e a psicotização da experiência: materialistas, graças a Deus

Paulo Brabo @saobrabo

Escrevo livros, faço desenhos e desenho letras. A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna.

Este relato faz parte da série

A peleja do Carnaval com a Quaresma

images/2014/carnaval-quaresma.jpg
Arquivado sob as rubricas

 

<
>

Depositado em juízo por Paulo Brabo · Desde 2004 · Sobre o autor e esta Bacia · Leia um livro · Olhe desenhos · Versões digitais dos manuscritos da Biblioteca do Monastério de São Brabo nas Índias Ocidentais · Fale comigo · A Bacia das Almas não tem mais o que fazer